sábado, 18 de agosto de 2007

Hoje O Meu Mano "Velho" Faz Aninhos PARABÉNS


Deixa lá, são só 51..... ups... não era para dizer......

PARABÉNS QUERIDO MANO
Já tenho saudades e ainda não foste embora.....
ADOROOOOOOO-TE


Só Para Ti Mano........ velhos tempos, ou melhor, outros tempos. Sempre adorei esta música e não sei porquê mas quando a oiço é como se estivesses ao pé de mim, mesmo quando estás do outro lado do Atlântico. Ouve e recorda...... Beijinhos muito grandes e é só para ti também.

33 comentários:

Loulou disse...

Querida Aida, muitos parabéns ao mano mais velho. Que vocês tenham um grande dia hoje.

Grande beijoca

Manuela disse...

Tchim Tchim ao mano!
Velhote, hum?! Oooops, não era para dizer...

Beijinhos

celeste disse...

Ola Miga.Parabens ao mano,Tchim Tcchim.Beijocas.

Isa disse...

Muitos parabéns ao mano. E que a sua estadia por cá contribua bastante para a fortaleza que és e tens de continuar a ser amiga.

Está quase o dia em desces ao tejo, para nos conhecermos... beijo grande...

Isa.

aida guimarães disse...

Olá a todas (o)

Venho lembrar o nosso encontro dia 1 de Setembro.
Falei ontem com a Manuela e a Alda no msn. A Manuela sugeriu que todas usassem um lenço na cabeça independentemente de terem cabelos ou não. A cor não interessa o importante é estarmos todas "Super Glamorosas".... O que acham?
Eu achei boa ideia.
Também podiamos tentar usar uma blusa da mesma cor. Que tal Branca, em sinal de Paz???? Esta foi uma sugestão da Isa G.
Eu pensei numa flor, lá trocaríamos entre as presentes. Cada uma voltava a levar uma flor para casa, mas desta vez oferecida por uma "amiga do coração ou do peito" tanto faz....
Decidam o melhor, por mim está tudo bem. Com lenço, sem lenço, com blusa da mesma cor ou não, flor, sem flor.... eu vou lá estar concerteza.

Beijinhos grandes e gordos

Anônimo disse...

parabens ao mano...
beijos
isabel guerreiro

Anônimo disse...

Olá...

gostaria de dizer que te acho muito bonita.
ando perdida por entre blogs de pessoas que vencem o cancro e pessoas que, infelizmente, não o conseguem vencer.
Não sei porquê... Mas ultimamente passo horas a ler e a reler os vossos blogs e sinto-me nem sei bem como...

Desconfio que tenho um cancro, mas refugiei-me no meu silencio... Que morra por mim. não tenho coragem de saber, nem tenho a vossa coragem para viver, nem para sobreviver...

Sinto-me triste... Sinto-me péssima...
sinto que tenho algo dentro de mim que não está bem e a minha intuição trouxe-me há semanas e semanas para o mundo do cancro...
Desculpa o desabafo. mas precisava gritar isto em algum lado.

és muito bonita. és forte. és maravilhosa. tu e as tuas amigas da blogosfera. perdoa-me o desabafo, mais uma vez.
quero morrer...

aida guimarães disse...

Olá,

Por favor, fala connosco, não precisas identificar-te, mas por favor fala connosco.
Não permitimos que ninguém desista.
Pelo que percebi, nem sequer sabes se estás doente. Provavelmente no teu subsconsciente estás mesmo e precisas de ajuda.
Se não queres procurar ajuda de profissionais, por favor, fala connosco, diz-nos de onde és. Talvez até te possamos ajudar.
Tem de existir alguma coisa onde ou alguém, um motivo para te agarrares á vida. Por ti, por nós que como já te apercebes-te, partiram recente duas das Nossas Estrelas, que lutaram com todas as garras para ficar por cá, mas não conseguiram. Lutaram por muitas razões, mas lutaram essencialmente por Elas.

Por favor, peço-te mais uma vez, deixa-nos ajudar. Eu falo no plural porque quem quer que sejas, todas as que passam por aqui vão ficar impotentes ao ler o teu "grito" sem te puder ajudar se não deixares.

Por favor, não desistas, não nos deixes sentir esta angústia de quem luta pela vida e ter uma pessoa a dizer sem sequer saber se está doente. Mesmo que estejas, tal como nós, existem sempre esperanças e nós somos prova viva disso.

Não nos deixes nesta angústia e diz-nos quem és ou deixa-nos ajudar-te. Se passares por aqui, conta-nos tudo o que sentes e terás sempre uma palavra amiga e vais ver que ajuda e muiiiito.

Volta, a sério, fico á espera.

Muiiitos beijinhos de muita Fé e Esperança que apareças.

Loulou disse...

Olá,

Estamos todas aqui para ajudar-te. Peço que voltes e contes tudo, que te abras connosco, como a nossa Aida disse.
Há sempre alguém que passa por aqui e lê as mensagens.

Volta, por favor.

Um beijo com carinho

Anônimo disse...

Ola, vi a agora a mensagem anonima, n precisamos de um nome, de uma localidade, precisamos de um contacto para relamente como diz a aida e a loulou te poder ajudar.Se chagaste ate "nós", deixa que te ajudemos.
Aparece e desabafa...
Para nós tem sido um elo muito imposrtante nas nossas vidas.
isabel guerreiro

Anônimo disse...

perdoem-me. não consigo identificar-me. não quero faze-lo. não quero saber o que tenho. mas sei que estou doente.
ha alguns anos fiz um Papa-nicolau que acusou um ligeiro problema. não fiz o tratamento indicado pois o meu marido contava-me os tostoes todinhos, nunca tive liberdade de dizer que queria ir à obstetra que me seguia. seguiu-se um periodo de drama familiar que culminou num divorcio. passaram-se os anos. 5 mais precisamente. de há 1 ano a esta parte sinto dores mto fortes, similares a dores menstruais. sinto-as sempre dentro de mim. dores nas costas, no corpo todo. acordo sempre cansada, adoentada, com estas dores que referi. os meus periodos mantêm-se regulares, ou seja, com data certa. contudo têm uma particularidade: num mês são abundantes e morro de dores. A cor da perda menstrual é mjuito escura. mto mesmo.no mês seguinte, surge durante apenas dia e meio, de cor viva. entre o periodo prolongado de cor escura e o seguinte, sinto dores horriveis. sempre. chego a ver sangue leve no pensinho diario. depois surge esse periodo curto e espero pelo seguinte q sei q é sempre prolongado e de cor escura. dores mtas dores dentro de mim. de ha 3 meses para cá, uma dormência nos dedos do pé direito e num peito. mas é sempre estas dores similares a dores menstruais. sempre. e esta dormencia agora.
tenho muito medo. tenho muito medo pq tenho um filho tão pequenino. pq vivemos sozinhos. pq n tenho ninguem que me ajude se eu ficar mais doente.n tenho familia proxima.

desculpem o desabafo. desculpem por tudo. mas mergulhei nos vossos blogs e ja sei o que me espera.e n quero isso pq n tenho ninguem. nem a minha criança tem alguem para lá de mim e da avo que habita a 200 km de nós.

desculpem. perdoem-me ter desabafado.

obrigada por me lerem.

Anônimo disse...

peço perdão por ter incomodado. não desejaria que se preocupassem dessa forma. estou convosco sempre nos últimos tempos e já li coisas que sei que me vão acontecer.
tenho medo.
estou mergulhada nesta angustia que até já pensei morrer com o meu filho ao meu lado. não temos saída estando eu doente.

o que me fez encontrar este blog por acaso? não sei... talvez a mesma coisa que me fez ter o pesadelo quer tive antes de fazer pesquisas na net: sonhei com um médico informando que eu ia morrer no IPO do porto e q de lá seguiria para um cemiterio de gente sem familia. acordei assustada. alucinada. fiz pesquisas e vim dar a este blog e deste fui a outros.
o que me trouxe aqui?
deus para eu saber algo sobre mim. penso eu. e aquele pesadelo?
não quero. não sei viver.

perdoem-me.
sois um exemplo de vida. eu não. sou fraca.

obrigada. desculpem por todo o incomodo. por tudo qto é mais sagrado, perdoem-me a invasão.

fiquem com Deus e com a vossa força.

aida guimarães disse...

Olá

Agora tens-nos a nós. Estamos aqui para ajudar.
Porque é que não vais ao Centro de Saúde.
Provavelmente o que deu no Papanicolau foi uma pequena inflamação que em certos casos são normais. O facto de teres períodos abundantes e dores não quer dizer que estejas doente.
Estás separada, tomas na mesma anticoncepcionais? Mantens relações? Sabes que as hormonas transforman-se conforme o nosso estado de espirito.
Se tens um filho pequeno, também deves ser muito nova.
Afinal se não queres lutar por ti, e mostras-te tão preocupada com o teu pequenino, luta por Ele, já que não o queres fazer por ti.
Se quiseres dar alguma dica de quem és e não o queres fazer aqui, eu deixo o meu e-mail.
Posso ajudar-te. Estou ligada á Saúde e detesto ver pessoas a desistir da vida sem sequer lutar.
Sempre ouvi dizer que existe remédio para tudo menos para a morte.
Eu posso e quero ajudar-te, assim como quem passa por aqui que já leram e também ficaram angustiadas.

Temos neste momento uma das nossas amigas a lutar com todas as suas forças. Já luta há um tempo e nunca desistiu nem vai desistir. Tu também não. Não podes, por Ti em primeiro e depois pelo teu filho.

o meu e-mail é: aidagui@hotmail.com

Por favor, envia um mail, faz o que quiseres, passa por aqui, mas não me parece que tenhas qualquer doença. Precisas de ajuda e tudo que podermos fazer vamos fazê-lo incondicionalmente.

Por favor, não fujas, volta. Não precisas deixar identificação.
Escreve apenas o que te vai na alma, garanto-te que passar nos blogues é uma boa terapia.

Se quiseres ajuda a nível de Saúde e estiveres disposta a vir ter comigo, eu ajudo-te.

Não desapareças, estamos todas aqui, somos as "Amigas do Coração"

Beijos muito grandes com muita Paz e Esperança

aida guimarães disse...

Olá outra vez

Pelos vistos moras aqui no Porto. Se o IPO do Porto entrou nos teus sonhos afinal és daqui bem perto de mim.
Não fujas, eu ajudo-te.
Eu também estou aqui no Porto.

Finalmente alguém do Porto.
Volta por favor.

Beijos grandes para ti e teu filhote

Anônimo disse...

o trtamento q eu teria de fazer na altura, implicava "queimar" feridas que surgiram. não o fiz. não pude.
na altura a obstetra torceu o nariz. nunca mais lá fui. não podia ir. e tive medo do ar dela. que ficou preocupada e pediu que fosse acompanhada na consulta seguinte. isso não me saiu da cabeça.
sinto-me tão doente. sempre cansada, com dores e com muita dormencia nos dedos e no peito direito, que cada vez fica mais duro.
eu não sei pq escrevo isto aqui. não quero falar de mim. só quero ler-vos até um dia ir saber de mim. tenho medo do que me digam. mas reconheço que assim não aguentarei mais tempo, pois as dores são terriveis e eu tenho momentos em que desejo que o meu filho adormeça para poder deitar-me também, que já não suporto mais. sou professora e tenho sempre imenso trabalho. mas já não dou conta do recado como dava. sinto isso.

boa amiga, deixarei de escrever. não quero falar mais de mim. nem de nada. quero apenas andar em silêncio. nem sei porque escrevi antes e antes e antes.
deixem-me andar por aqui sozinha. por amor de deus. não tenho força para me identificar nem para dar algum contacto meu. não tenho nada para ensinar.

um beijo de coração. cheio de medo e dor, mas de coração.
adeus forças da natureza. força que eu não tenho. não terei nunca.

só por curiosidade, como poderei ter uma consulta gratuita no centro de saude sem esperar meses que me atendam? so tenho uma consulta de rotina para daqui a 10 meses e fui eu que a marquei por ser mais barato para mim. não tenho como ser observada na obstetra particular que me seguia. separei-me e fiquei apenas com o meu filho, apartamento para pagar e o meu ordenado.
há semanas, fui ao IPO do Porto, pedi para alguém me ver, chorei muito, mas friamente disseram que tinha de ir ao médico de família e que lá não me podiam ajudar directamente. foram tão incorrectos comigo que me isolei novamente. andei meses e meses a ganhar força para ir saber o que tinha e não foram agradáveis. fechei-me novamente em copas. por onde começo, afinal se um dia tiver força para ir ao médico?
eu que não queria falar, já faço perguntas... Meu Deus ajudai-me a ajudar-me. sou tão fraca. sempre fui.

desejava tanto morrer com o meu filho ao lado. quem vai tratar de nós?
oh medo. oh solidão. oh desgraça de fraqueza.

aida guimarães disse...

Tenho mesmo de ir descansar. Mas por te ver tão aflita, quero e posso ajudar-te. Já te disse que trabalho na saúde e consigo que sejas vista por uma boa médica. Já te deixei o meu e-mail. Diz-me qualquer coisa.

Eu ajudo-te se tu me deixares ajudar-te.

Por favor não me fales mais em morte e muito menos no teu filho que até é pecado. Falares assim estás a cometer uma grande crueldade.

Fica bem.
Deixa notícias o mais breve possível.

Beijos grandes e não fugas.
Precisas mesmo de ajuda e eu vou ajudar-te.

Manuela disse...

Mantém-te anónima, se isso te dá algum conforto. Para mim, passas a ser a Querida X.

Querida X,

Já pensaste que o teu sonho e os nossos blogs são a mensagem de Deus para ti? Mas a mensagem de vida, não de morte como a estás a ver. Já pensaste que talvez te estejam a enviar sinais, enquanto é tempo? Talvez ainda não tenhas cancro nenhum e estes sejam os avisos divinos para que te antecipes?

Não são os problemas de dinheiro que te impedem de te tratares. És tu e a tua posição derrotista. Não podes desistir da vida e do teu filho. Se ele fica sózinho no caso de estares doente, como ficará no caso de morreres? Trata-te!

Já "queimei" várias lesões no colo do útero ao longo dos meus anos de vida (que são bem mais do que os teus, de certeza) e nunca tive cancro aí! Aliás, isso não tem nada a ver com cancro. Por amor de Deus, Querida X, tu estás mal informada e acima de tudo, acredita que te digo isto com o maior carinho, estás com uma depressão. E tens que a tratar em simultâneo com uma revisão ginecológica.

Se moras no Porto ou perto, deixa que a Aida te acompanhe. Se és mais do Centro, arranjamos uma amiga que te acompanhe, se és de Lisboa ou perto, eu acompanho-te e se és do Algarve ou Alentejo, também se arranja uma amiga disponível para ti.

Estás sózinha? Não me parece. Olha só para este grupo disposto a tudo por ti!

O meu email é lahynaluz@gmail,com e tenho o blog
http://maisumbocadinho.blogspot.com/

beijinhos Querida X

Anônimo disse...

olá, tens que ter coragem, para ires fazeres os exames, podes n ter nada e até é o mais provavel e estas a jogar a tua vida fora, com angustias que podias n ter.e não passar para o teu filho.Não sou mãe, mas acredito que por eles fazemos tudo.Tudo de bom.Não o estas a ajudar, essa tua insegurança, passa para o teu filho sem dares conta.Pede ajuda, se és do porto a AIda é de facto a pessoa indicada, no meu caso sou de Beja, se precisares de alguma coisa é dizeres.
isabelguerreiro05@sapo.pt
www.isabelguerreiro.blogs.sapo.pt
www.umaluznaescuridao.blogs.sapo.pt
sê forte.cuida-te.Nós estamos sempre aqui...
beijos
isa beja

isa- retratoiluminado disse...

olá Aida...ola querida X... gostavamos de saber o teu nome, ainda que ficticio, um nome. E já agora parece-me que és do norte, mas se fores da zona de Setubal...está aqui mais uma mão, melhor dizendo duas mãos, dois braços, e muito mimo!
Acima de tudo, não percas mais tempo à espera... nós arranjamos médico para te consultar, e muito apoio. Não caias, não te deixes ir em duvidas, em incertezas, tens de dar segurança ao teu filho. Sabes eu tenho um menino de tres anos, e é ele que sem saber, me dá força, me alimenta de esperança. Eles são tão espertos, apercebem-se de tudo. Acredito que queres o melhor para ele e por isso tens de nos procurar. Se vieste à procura de força e carinho estás no sitio certo. E sei que não queres desistir, pareces-me um pouco desorientada.
O meu email é isa_correiat@hotmail.pt, a minha pagina é retratoiluminado.blogspot.com

Não deixes de comunicar connosco, nem que continues só a faze-lo como até agora...aqui no blogue da Aida.
Beijos para ti e para o menino...
Isa.

aida guimarães disse...

Olá Querida X,

A Manuela como sempre, sabe dar a volta e arranjou-te um nome todo "catita".

Agora pergunto: Não serás a "tp" que deixou uma mensagem no meu post anterior?

Afinal estás mesmo disposta que te ajudem e isso é muito bom.
Digamos que é mais uma batalha para nós e que mais uma vez vamos vencer ao ajudar-te.

Como já reparas-te somos uma grande família, sempre dispostas a ajudar, mesmo quem não conhecemos.
Garanto-te que em pouco tempo estás uma nova Mulher, com outra maneira de encarar a vida. A vida é bela, e quando existem crianças ainda mais bela se torna.

Estamos todas anciosas que digas qualquer coisa.
Com jeitinho ainda vais comigo e com a Laura dia 1 de Setembro a Lisboa. É claro que o teu pequenito também pode ir.

Beijos grandes para os dois e passa por cá.

Estamos todas á tua espera

Loulou disse...

Como vês, querida X, apareceram logo amigas prontas a ajudar-te. Aconteceu comigo também, há quase 1 mês. Elas são as melhores!
Acredito que não tenhas nada, mas precisas de ir ver isso. Se a Aida pode ajudar, é porque pode mesmo. Conversa com ela.

Aida, nunca mais perguntei. Como tem andado o Tato?

Uma grande beijoca

celeste disse...

Ola Aida,pareçe que andamos desencontradas no messenger mas vejo que continuas bem e fico feliz.beijinho miga.

celeste disse...

Querida X axo que escolheste a pessoa certa para o teu desabafo,a nossa Aida é muito humana e compriensiva.Desabafei com ela uma vez a pena que tenho de nao ter estudado por ter ficado sem pai e mae com 15 anos e ter que trabalhar para comer,como vez todos temos problemas mas temos que ser fortes e ultrapassar e se nos oferecem ajuda é de agarrar.E tu tens alguem que tanto precisa de ti, para os nossos filhos pequenos somos quase como o ar que respiram.Tens que lutar para que quando deitas a cabeça na almofada seja com a certeza que fizes-te tudo ao teu alcanse para nao lhe faltares.Beijo grande

laura disse...

.....
Querida Aida, não me surpreendes, de ti só atitudes nobres podiam acontecer!

...ooo0ooo...

Querida x : estás a sofrer muito.
Mas não é só do hipotético cancro.
Como diz a nossa querida Manuela, tu estás com uma depressão muito pronunciada, e tens de tratar dela, tens de serenar, desabafar já foi um passo, continua...

Quanto ao resto, bem, o meu caso ginecológico foi parecido com o teu. Tive pólipos que me deram dores terríveis, hemorragias, sangue escuro, sangue claro, andei tempos assim, meia anémica, sem forças, etc. etc. Um dia também pensei maluquices. Resolvi tirar o útero, tinha 41 anos, passaram-se muitos anos (vou fazer 65) e aqui estou... não tinha nada grave... que bom, que alívio!

As portas estão a abrir-se para ti, não sejas egoísta, aceita a ajuda, pensa primeiro no teu pequenino...

Pensa no assunto, sê realista.
mais uma para te ajudar... laura

Alda disse...

Querida X

Já tens ajuda, muitos conselhos, e muita gente que se entristeceu por ti.
Deixa que te ajudem! Porque é isso que tu queres... E não queres ...

Não dá para perceber muito bem.

Por um filho faz-se tudo.

Temos o dever de dar o melhor, aos nossos filhos. Mas não temos o direito, de não lutar pela vida, para os podermos criar, alimentar e amar.

Anônimo disse...

Vim ver-te, terna aida.
Apenas ver-te. Esse sorriso calmo e cheio de paz faz-me bem.obrigada a todas. cá ando...
apoquentei-vos e fico aflita com tal. não pretendi tirar-vos a paz que sabem ter. perdoem-me. e nem sequer força interior tenho para vos agradecer tudo e para pedir mil perdoes por esta inquietude. deixai-me gritar em algum lado. perdoa aida ter sido no teu blog. mas és tão serena que me transmites a pouca paz que adquiro.
Laura, onde é o teu blog? sentias o que eu sentia, não era? onde é o teu blog?
agradeço o amor, o carinho. e nunca terei palavras para agradecer tudo. Aida e restantes, força e sejam sempre este exemplo que eu não sei seguir.
carinhos para todas cheios de perdão. sinto-me doente... suspiro por algo que me ajude a erguer para a força de fazer um telefonema. talvez vá a uma médica obstetra desconhecida de mim antes.queria começar de algum zero. sem historias antes.fraquejo tanto. o medo. sempre o medo.
não sei o que escrever pois já estou em jeito de resposta quando na verdade eu só queria ter um canto para gritar o meu medo e as dores.
um beijo de carinho. um beijo.

isa- retratoiluminado disse...

Ola Aida...ola Querida x. Bom dia...é mais um dia bonito que ai está à porta, um pouco ventoso aqui para os meus lados, de setubal, mas ainda assim, parece-me ser um bom dia que ai vem.

É bom aqui continuares a vir, a nossa Aida é muito terna e serena, de facto alguem que sem duvida nenhuma te daria ajuda.Sei que sabias isso... sei que precisas de alguem para desabafar e para te ajudar a acertar com o rumo da estrada, que parece bloqueada. Aceita a ajuda da Aida. Vai a um médico obstectra, o que tu tens não deve ser nada de maligno, viste o exemplo da Laura? só um médico te poderá dizer se haverá necessidade de exames para um melhor diagnostico. Mas não deixes escapar esta hipotese, fa-lo por ele, pelo teu menino, que não tem mais ninguem.
Um beijo às duas.
Isa.

laura disse...

.....
Aidinha linda.

Realmente, a nossa amiga tem de mudar de rumo... está com a alma estilhaçada e essa doença é que é a pior....

...ooo000ooo...

Querida x

Não tens desculpa. Não estás só.
Aproveita a mão que se estende...
Ainda há tempo, o desespero é que te está a tramar, e tu deixas...
O primeiro passo já deste... mas o teu discurso é difuso....queres,então mexe-te, avança... o que está para tráz já foi, andas a acumular desgraças sobre desgraças para quê? Só os fracos é que desistem, e tu não vais dar força à negação, toca a andar! Decide-te!

Não tenho Blog. Sou amiga de muitas meninas lindas corajosas!
E tu queres pertencer ao grupinho?
No parágrafo anterior está a solução para entrar nele.

Lindas (todas) beijinhos e até o dia 1 sem faaalta . laura

Aida, vê lá se acabas com a treta das letras........À primeira não foi......frrpbi (tem jeito?)

Anônimo disse...

um bem haja a todas. não viso incomodar. nunca.

laura, o que sentias? como foi contigo. que pena não teres blog, esperancei-me em ler-te. aida, como me poderás dar o contacto d tua obstetra ou da médica que antes falaste? porquê isto agora comigo que tanto preciso de paz????????????????????????????????????????????????????????
não vos incomodo mais hoje. hoje um dia de lágrimas como outros. choro ao ler-vos. sempre lindas.
aida, perdoa a invasão do teu blog. perdoa...

X

laura disse...

......
.para a queridax - obrigada Aida

.....
Se queres desabafar em privado, escreve para mim
laura.vitor@yahoo.com.br.
Outra coisa muito importante (muito importante)
Não deixes de falar, o que queremos é que tu ganhes forças e não queremos que desapareças, ok.?
O nosso grupo é assim.
Falamos sinceramente e dizemos o que tem de ser dito.

As meninas têm de ter confiança umas nas outras, assim é que se entende o amor ao próximo, como o nosso querido Jesus nos ensinou.

Tudo entendido?
beijinho. laura

Anônimo disse...

obrigada...
vou tentar criar um mail só para falar então contigo laura.tb gostaria de falar com aida se ela me permitir. já me deram tantos contactos , não pdoerei escrever a todas,não quero que tudo se difunda e depois perco o anonimato, coisa que não desejo pois não quero ser conhecida em lado algum.apenas preciso de pistas que me levam a caminhos certos e eu mesma n sei por onde começar...a vossa ajuda tem sido fundamental, deito-me a pensar em todas, acordo e em todas penso. penso na força de vida que têm, penso na luta total, penso em como puderam dispor-se a ajudar-me.
aida, essa medica que falaste dá consultas muito caras? pelo menos numa primeira vez deseje ir a alguem privado pois penso que se dedicam mais. depois terei de andar pelo medico de familia pois não tenho como dispender dinheiro para cuidar de mim. o pediatra do meu filho, o alergologista dele estão em primeiro lugar e tenho meses de dispender 200 euros, se tiver as duas consultas. deixem-me dizer-vos que o meu filho é muito bonito, sorridente e que eu sou uma boa mãe. gosta muito de mim, tudo o que é a mim mo deve pois nunca lhe deixei faltar nada. não achem que como mãe não presto. não me vê uma lágrima, e isso ainda consigo controlar. sou boa mãe, sou boa professora, sou boa filha, boa vizinha, boa amiga. só não sei vencer barreiras relacionadas comigo. eu sinto-me mto mal, tenho muitas dores, tenho sempre muito medo. obrigada por me ouvirem. são coisas estupidas atrás de coisas estupidas. aida, linda aida, diz-me apenas numa frase o dia em que desejas que não te venha ofuscar o blog. mais uma vez choro, queria dar-vos a mão. mas não tenho força para levantar o braço. deixai-me estar assim. acho que tentarei, então, criar um mail. vou descobrir como se faz, que o que tenho foi-me criado com ajuda.
adeus mulheres do meu coração.
Manuela, obrigada pelo nome carinhoso com que me acolhe. Um obrigada a todas. De coração.

X

aida guimarães disse...

Olá Querida X

Ainda bem que estás com um espírito diferente. Dá para ver que estás disposta a lutar. Afinal também tens quem te quer bem. O teu filho, nós todas, os teus alunos, os vizinhos, e por aí fora.

Para que te sintas melhor, vou dar-te novamente o meu mail. A médica que te falei é minha amiga pessoal. Quando lhe falar de ti, vai atender-te de braços abertos. Não te preocupes com o preço. Ela é uma porreiraça e não é exploradora.
Não tenhas medo. Tudo se vai resolver.
Podes passar aqui sempre que quiseres, vai fazer-te muito bem este apoio que tu mesma crias-te.

Para criares um mail é fácil. Acedes ao site:
WWW.hotmail.com
É só seguires os passos. Crias o teu nome, até podes usar o Querida X, continuas no anónimato se quiseres e para quem quiseres.
Fica prometido que só saírás do anónimato quando quiseres.

A médica que te falo fica em S.Mamede Infesta

O meu mail é: aidagui66@hotmail.com

Fica bem e pergunta tudo que quiseres

Beijinhos grandes para ti e teu filhote

Anônimo disse...

Professora "Querida X"

Entrei hoje nestas andan�as e logo sou confrontada com uma coisa que eu detesto MEDO.
Desculpa mas tu TENS MEDO.
MEDO de te dares a conhecer , de ires ao m�dico , de quereres viver,de quereres que o teu filho tenha uma M�E .

O teu filho precisa de ti, de uma m�e que talvez esteja doente,de uma m�e corajosa que tudo fa�a para o protejer na vida.
E o que fazes ? Tens medo.

Achas que o teu filho um dia ter� orgulho em ti?

LEVANTA esse c� da cadeira , do comodismo em que est� sentado e salta para a vida e agarra-te aos que est�o a tentar ajudar-te.

J� s�o muitos , aproveita as m�os estendidas e amigas, porque se calhar muitas de n�s n�o o tiveram.

Come�a por te identificar para que venham todas aS AJUDAS QUE TU PRECISAS.

E VAMOS � LUTA. lUTA POR TI E PELO TEU FILHO, por todos n�s que nos orgulhamos de irmos � luta, por vezes com mt medo .

For�a , arranca da� essa for�a que tu n�o sabes mas est� escondida dentro de ti.

Carmen